sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Um manto

Hoje eu falaria por horas. Escreveria por horas. Assuntos diversos , do meu eu e  das minhas rotinas.
 Acordei pensando em escrever, mas as horas foram tomando outro rumo, e enveredei pelas fotos nas pastas do computador.

 
Tem dias que bate uma vontade de deletar tudo, começar de novo. Mas tem horas que impera o apego das fotos. Escolho aleatoriamente e vou organizando o pensamento. Depois fecho a gaveta mental e vou procurar outra coisa pra fazer.

 Serviços domésticos não faltam! Aí penso que gostaria de estar trabalhando fora. Num lugar muito agradável. Uma imensa mesa de vidro e um computador ( claro ) para me conectar.


 Toda semana eu me prometo um dia na praia ( poluída, pode ser ) Tenho a bolsa já preparada, protetor solar, canga, necessaire, carteira com dinheiro. Levo ou não levo a barraca, a cadeira? Tomo ônibus ou vou aqui perto? A cidade está lotada de turistas.


Ah os turistas ! Vão nos comprimindo, tomando os espaços sem muita educação
Vou deixando suas marcas, seja pelo metro, restaurantes ou espaços públicos. Como se fosse seu último dia na terra. Ávidos por viver e empurrando tudo e todos.


Não vou a praia. Gosto de praias desertas ( impossível) Está tudo lotado.
Mas a festa está terminado. Turistas vão embora, e os outros figurantes vão tomar o seu lugar. Uma população carente, jogada pelas ruas a espera da comiseração dos passantes. Esse nosso país é uma calamidade!


Então volto meu pensamento de que os seres humanos necessitam de acúmulos de coisas. Acúmulos de horas de passeios, de fotos , de selfie,
não se importando com o outro , vivendo um egocentrismo sem fim e numa competição consigo mesmo. Creio que numa luta contra a solidão. Vence quem se aparecer mais . Pensam que são Deus.


Imagem - Manto da apresentação
Bispo do Rosário
( não sei se é o manto original , mas essa exposição na Casa França Brasil
apresenta peças do Museu Bispo do Rosário de Arte Contemporânea )



4 comentários:

  1. Zizi, gostei do desenrolar dos teus pensamentos, as dúvidas, as vontades... Praia lotada, também não é comigo...Trabalhos em casa não faltam mesmo, mas nem sempre estamos com saco,rs...

    Adorei te ler e a foto é belíssima! beijos, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Gratificante momento querida amiga ,muitos beijinhos no seu coração ,felicidades

    ResponderExcluir
  3. Essas constatações sobre o nosso povo e nosso país são irrefutáveis Zizi e você discorreu com maestria
    O manto é belíssimo minha amiga
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto! Gosto de sossego, praia deserta e ruas tranquilhas.
    Feliz com a volta da nossa rotina diária.
    Bonito manto.
    Beijinhos e paz!
    Amara

    ResponderExcluir

Feliz com sua presença!
Vou te aguardar com carinho!